O sal na cozinha, quais são e como usar ?

O sal é um dos temperos mais essenciais na cozinha e pode ser um ótimo aliado para ressaltar os sabores e inclusive para conservar os alimentos.

É o sal talvez seja o tempero mais antigo de todos, e sua importância dentro da cozinha é bastante óbvia: pois ele proporciona o gosto salgado em todos os alimentos. É por isso que devemos ser cuidadosos na hora de utiliza-lo, pois todo o bom cozinheiro sabe que a falta ou o excesso do mesmo por arruinar totalmente um prato.

A maneira mais comum desse mineral se apresentar, é a que utilizamos diariamente, é o sal de mesa. No entanto, existem muitos tipos de sal, diferenças essas que vão desde a sua origem até a cor.

O sal pode originar-se por meio da evaporação, pela extração mineral, ou por concentração. Além do que, cada tipo, apresenta uma característica distinta , no que diz respeito a sua textura, sua grossura, e inclusive o seu sabor.

A seguir  estamos colocando alguns dos tipos de sais existentes e para que você possa utiliza-los na cozinha.

  • Sal de mesa: Este com certeza você conhece, porque está presente em toda as cozinhas que você possa imaginar. Esse sal apresenta uma cor branca e pura devido ao processo químico que é submetido para assim proporcionar essa característica solta e com menos humidade.
  • Sal refinada: É muito parecido ao sal de mesa enquanto a sua cor, com exceção de que ela possui um nível de refinamento bem maior. Seus grãos são muito menores, e além disso contém iodo e flúor para poder compensar os minerais perdidos durante o processo de refinamento.
  • Sal gema: também conhecido como sal de rocha, devido ao seu método de extração de rocha mineral chamada de halita. Este tipo de sal tem um sabor amargo e forte, seus grãos geralmente são grandes, sendo assim perfeito para poder cozinhar.
  • Sal marinho: Como o seu próprio nome diz é extraído da evaporação da água do mar. Suas características variam muito se comparado com os outros sais refinados, iniciando pela sua cor, que é menos branco, mais tipo cinza, sua grossura, na qual é menos processada do que o sal comum. Além disso não é tratada quimicamente, é mais rica em minerais que o sal convencional. Este tipo de sal pode ser utilizado para temperar carnes, embutidos e peixes.
  • Flor de Sal: No mundo da cozinha é muito conhecido. É um tipo de sal muito mais cara que as anteriores, devido ao seu método de extração. É coletada manualmente, empregando métodos muito artesanais. Todo o tratamento que recebe é completamente natural. Sua cor pode ir de acinzentado a um leve rosado, e o seu sabor é sutil, por isso é recomendado que seja utilizado na última fase da decoração de um prato para que assim possam ser ressaltados os sabores.
  • Sal do Himalaya: Ele é originário do Paquistão e sua principal característica são os grandes grãos e seu tom rosado. Pode ser utilizado como sal comum, se é moído para esse fim. E muito rica em minerais, por tanto é considerado um dos sais mais puros. Pode ser utilizado para preparar deliciosos pratos de carne na parrilla ou churrasqueira.

Outros tipos de sais, são aromatizantes, os quais são obtidos misturando os grãos de sal com diversas sementes para que fiquem impregnados de sabor e com os quais pode assim dar um grande toque e sabor aos seu prato de comida.

Lembre-se que na hora de cozinhar, sempre as opções são variadas e no momento de colocar sabor a comida as opções são muitas mais, atreva-se a experimentar e você poderá obter sabores inigualáveis.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*